Ácido tranexâmico para melasma

Compartilhe!

Se você sofre com o melasma certamente vai gostar de conhecer o ácido tranexâmico, poderoso componente no skincare. No post a seguir, saiba como age esse ativo e descubra em quais cosméticos está presente.



O que é o ácido tranexâmico e para que serve?

O ácido tranexâmico é um aminoácido sintético derivado de um aminoácido natural, a lisina.

É utilizado há muito tempo na medicina, mas sua aplicação no tratamento do melasma foi relatada pela primeira vez em 1979, no Japão.

Desde então, muitos estudos têm comprovado a sua eficácia no tratamento de hiperpigmentações induzidas por radiação ultra violeta (UV).

Assim, tem sido empregado no tratamento de melasma, marcas residuais de acne e manchas solares.



Como age o ácido tranexâmico para melasma

O ácido tranexâmico atua de forma diferente de outros clareadores, que normalmente agem inibindo a enzima tirosinase. A tirosinase é a enzima responsável pela produção de melanina, o pigmento escuro que mancha a pele.

Já o ácido tranexâmico bloqueia a conversão do plasminogênio (presente nas células basais epidérmicas) em plasmina.

A plasmina é uma proteína formada sempre que a nossa pele sofre uma agressão como a exposição solar, inflamação da acne ou um machucado, por exemplo.

A plasmina por sua vez estimula fatores inflamatórios que vão aumentar a produção de melanina na pele. Então, ao inibir a formação da plasmina, há a inibição da inflamação e consequentemente do estímulo da produção de melanina.

E menos melanina, menor a formação das manchas na pele pela deposição desse pigmento.

Veja também post sobre outros  tratamentos para melasma e como prevenir.



Benefícios do ácido tranexâmico para a pele

Esse ativo promove então:

  • A uniformização do tom da pele
  • Clareia manchas solares, melasma e olheiras
  • Diminui as marcas de acne

Além disso, o ácido tranexâmico tem baixo índice de efeitos colaterais após a aplicação, como ardência e irritação local.

Quem pode usar

ácido tranexâmico na forma de cosmético pode ser utilizado em qualquer tipo de pele, inclusive na pele negra.



Quando aplicar

O ácido tranexâmico pode ser usado na pele de manhã e a noite. Mas de dia seu uso deve ser associado com o protetor solar com FPS acima de 50.

Cosméticos que contêm o ácido tranexâmico

O uso tópico do ácido tranexâmico pode ser feito através do uso de cosméticos que contém esse ativo na sua fórmula. Dessa forma, fiz uma seleção desses produtos, que você encontra abaixo:

Sérum Clareador TheraSkin Klassis

Formulação revolucionária com ácido tranexâmico associado a um complexo pró-clareador. Esse complexo contém outros ingredientes ativos clássicos no tratamento do melasma: o Arbutin e a Nicotinamida.

Esse sérum promove clareamento gradual e contínuo, estimulando na renovação celular. É indicado para todos os tipos de pele. Tem textura leve com sensação refrescante. Para saber onde comprar, clique nesse link.

Produto com ácido tranexâmico para melasma.
LINK para o produto.

Sérum Clareador Hidrabene

O Hidrabene contém ácido Tranexâmico, ácido Kójico e Niacinamida. Reduz a tonalidade de regiões hiperpigmentadas. É oil free. Link para o produto.

Hidrabene que contém ácido tranexâmico.
LINK para o produto.



Sérum Clareador Dermage Clarité

O Sérum Clareador Clarité da Dermage contém 4% de Nicotamina, 3% de ácido tranexâmico, 2% de Gluconolactona e 1% de Arbutin. Link para o produto.

Produto para tratar melasma.
LINK para o produto.

Skinceuticals Discoloration Defense

O Discoloration Defense é formulado com 3% de ácido tranexâmico, 1% de ácido kójico, 5% de niacinamida e 5% de H.E.P.E.S. Esse produto teve sua eficácia comprovada em um estudo clínico, realizado em peles brasileiras, durante 12 semanas de uso. Link para o produto.

Com ácido tranexâmico para tratar melasma.
LINK para o produto.




Blancy Tx gel Creme Clareador

Já o Blancy Tx com ácido tranexâmico associado ao Alpha Arbutin e Nano Retinol. Auxilia no clareamento e uniformização do tom da pele. Reduz as alterações causadas pelo efeito da exposição solar excessiva e por disfunções hormonais.

Blancy Tx no Almanaque da Mulher.
LINK para o produto.

E você, já utilizou algum desses produtos? Conte nos comentários a sua opinião.



Deixe uma resposta

Rolar para cima