fbpx
Máscaras de tratamento capilar

Quais as diferenças entre as máscaras de cabelo?

Com tantas opções de máscaras de cabelo no mercado, como escolher aquela que proporcionará o melhor resultado? Por que a mesma máscara que fez maravilhas no cabelo da amiga não adiantou nada no seu? A resposta é bem simples: porque cada cabelo tem suas próprias necessidades. Então, antes de sair por aí comprando qualquer máscara de tratamento, você tem que primeiro analisar seus fios para descobrir o que eles realmente precisam. Qual a máscara mais recomendada para meu tipo de cabelo?

Tipos de máscaras de cabelo

Existem  3 tipos principais de máscaras de cabelo:

  • Máscaras de hidratação
  • Máscaras nutritivas
  • Máscaras de reconstrução

Conheça abaixo as finalidades de cada tipo de máscara:

Máscara de hidratação

As máscaras de hidratação podem e devem ser aplicadas em todos os tipo de cabelos. Os cabelos ficam ressecados e sem brilho pela ação do sol, vento, lavagens excessivas, uso de secador etc. As máscaras de hidratação têm o objetivo principal de fazer uma reposição hídrica. São aquelas que possuem os seguintes ingredientes na sua fórmula:

  • Silicones
  • Glicerina vegetal ou glicerina (glycerin, glicol, gliceryl)
  • Bepantol
  • Extratos botânicos
  • Panthenol
  • Aloe Vera (babosa)
  • Vitaminas (palmitato de retinil, acetato de tocoferol)
  • Álcoois modificados (ex.: cetyl alcohol e cetearyl alcohol)
  • Aminoácidos
  • Proteína elastina ou colágeno (hydrolyzed collagen protein)
  • Proteína hidrolisada de aveia (hydrolyzed oats protein)
  • Proteína hidrolisada de arroz (hydrolyzed rice protein)
  • Proteína hidrolisada da seda (hydrolyzed silk protein)
  • Proteína hidrolisada da soja (hydrolyzed soy protein)
  • Proteína hidrolisada de milho (hydrolyzed corn protein)

As máscaras de hidratação, apesar de conterem proteínas na sua fórmula, essas são hidrolisadas, servindo mais para potencializar a absorção de nutrientes hidratantes e ajudar no condicionamento dos fios. Não possuem, contudo, grande potencial reconstrutor, como as máscaras de reconstrução, que falarei mais tarde.

  1. Moroccanoil Hydration Weightless Hydrating Mask (tampa branca) (LINK) – Máscara de hidratação para cabelos finos. Rica em óleo de Argan, condiciona e hidrata profundamente os fios, ao mesmo tempo em que dá brilho, textura e elasticidade.
  2. Tratamento Enrich Máscara Hidratante Fios Normais a Finos Wella Professionals (LINK) – reconstitui e hidrata profundamente o cabelo seco ou desgastado. Penetra nas fibras do cabelo promovendo nutrição e suavizando os cabelos secos e desgastados.
  3. Máscara de Tratamento Yenzah Argan (LINK) – hidratação e brilho para todos os tipos de cabelo. Indicada para cabelos ressecados, opacos e sem elasticidade.
  4. Máscara Intensa de Hidratação Reparadora Natura Plant (LINK) – ideal para cabelos secos, com alta tecnologia, o poder do complexo de bioaminoácidos de quinoa – ativos naturais e fonte de proteínas e aminoácidos, recuperam o interior dos fios e agem na parte externa da fibra, fortalecendo e restaurando profundamente os cabelos.
  5. Máscara Hidratante Deva Curl Heaven In Hair (LINK) – eficaz na hidratação dos cabelos cacheados.
  6. L’oreal Expert Vitamin Color A.OX (em nova embalagem) (LINK) – indicada para a hidratação dos cabelos coloridos ou quimicamente tratados.

Máscaras de cabelo nutritivas

Para cabelos que se apresentam porosos, com frizz ou volume demais, o ideal é aplicar máscaras de nutrição ou nutritivas, que são aquelas ricas em óleos e manteigas vegetais. Esse tipo de máscara ajuda a repor os lipídios do cabelo, ajudando a manter a oleosidade natural, impermeabilizando os fios. As máscaras de nutrição contêm:

  • Ceramidas
  • Manteiga de Karité (Shea Butter)
  • Manteiga de Cacau (Theobroma Cacoa Butter)
  • Manteiga de Abacate (Avocado Butter)
  • Manteiga de Tutano (Marrow Butter)
  • Manteiga de Cupuaçu
  • Manteiga de Macadâmia
  • Óleo de Amêndoas
  • Óleo de Coco (Coconut Oil)
  • Óleo de Oliva (Olive Oil)
  • Óleo de Argan (Argania Spinosa Oil)
  • Óleo de Castanha
  • Óleo de Andiroba

Máscaras de cabelo.

  1. Máscara de Tratamento L’anza Healing Oil Intensive Hair Masque (LINK) – para todos os tipos de cabelo, com resveratrol, um poderoso antioxidante que evita o envelhecimento das células, renova e repõe nutrientes essenciais, como os lipídios.
  2. Máscara Nutritiva Lumina (LINK)para cabelos cacheados, realça o brilho dos fios, controla o frizz e define os cachos por 24 horas, desembaraçando-os desde a lavagem.
  3. Máscara de Tratamento Macadâmia Oil Premium Inoar (LINK) – com óleo de macadâmia, devolve a oleosidade natural, hidrata as fibras capilares da raiz as pontas deixando os fios sedosos e com brilho.
  4. Máscara Regeneradora Lumina (LINK) – para cabelos quimicamente tratados, conta com o Ativo Liporreposição, que potencializa a inserção de lípideos perdidos pela fibra capilar, devolvendo a coesão natural das cutículas dos fios de forma inteligente.
  5. Joico Moisture Recovery Treatment Balm Máscara (LINK) – com manteigas de Murumuru, Oliva e Karité recuperam a elasticidade natural dos cabelos crespos, secos ou grossos.
Cabelos com frizz.

Máscaras de reconstrução

Já os cabelos que passaram por descolorações, alisamentos ou permanentes e se apresentam quebradiços e elásticos necessitam de uma máscara de reconstrução, que contém em sua composição aminoácidos e proteínas como:

  • Cisteína
  • Arginina
  • Queratina
  • Colágeno
  • Elastina
  • Creatina

Um produto com bom potencial reconstrutor deve possuir duas ou mais dessas substâncias para funcionar melhor. Colágeno e elastina são reconstrutores leves, mas são importantes porque ajudam a restabelecer a elasticidade e fortalecer os fios. Todos esses ingredientes são essenciais na reconstrução dos fios, mas agem melhor em conjunto com os coadjuvantes.

Os coadjuvantes, listados abaixo, potencializam a absorção dos nutrientes e condicionam os fios. Os coadjuvantes que também são encontrados nas máscaras de hidratação são:

  • Proteína hidrolisada de milho
  • Proteína hidrolisada de arroz
  • Proteína hidrolisada de aveia
  • Proteína hidrolisada da seda
  • Proteína hidrolisada da soja

No caso das máscaras de reconstrução, deve-se ter cuidado com o excesso de proteínas. Cabelos não fragilizados não devem ser submetidos a tratamentos com ativos reconstrutores mais do que 1 vez por mês. Caso contrário, o cabelo poderá ficar rígido e opaco. Assim como na alimentação, proteína demais faz mal, tanto quanto proteína de menos. O importante é o equilíbrio, aliás, como em tudo na vida!

Máscaras de cabelo

  1. Máscara Ekos Murumuru (LINK) – a manteiga de murumuru preenche as camadas mais profundas dos fios e alinha as cutículas. Repara e repõe a massa perdida dos fios, deixando o cabelo reconstruído desde a 1ª aplicação.
  2. Máscara Fortificante de Lumina (LINK) – para cabelos crespos, trata as lesões do córtex à cutícula capilar, reconstruindo os fios.
  3. L’Oréal Professionnel Absolut Repair Cortex Lipidium Máscara de Reconstrução (LINK) – reconstrói instantaneamente todas as zonas do cabelo enquanto cria uma barreira isolante para conter os nutrientes essenciais no interior da fibra.
  4. Máscara Fortalecedora Ekos Patauá (LINK) – ideal para cabelos finos e fragilizados, com crescimento lento e que quebram facilmente. Repara profundamente os fios enfraquecidos, diminui a quebra e uniformiza as cutículas.
  5. Máscara  SP System Professional Luxe Oil Keratin Restore Mask (LINK) – atua como agente reconstrutor, devolvendo a sua massa e recuperando danos como fios quebradiços, elásticos ou com pontas duplas.
  6. Máscara Kérastase Résistance Masque Thérapiste (LINK) – máscara de reconstrução que transforma os cabelos danificados e quimicamente tratados em fios saudáveis e super resistentes. Com ativos antioxidantes na fórmula.

Mais dicas

Como muitas vezes o cabelo está não só desidratado, mas também ressecado e com frizz ou com as pontas duplas e se partindo, é comum encontrarmos nas máscaras de tratamento uma mistura dos ingredientes de hidratação, nutrição e/ou reconstrução.

Mas e agora, como escolher? Então, devemos sempre conferir a lista de ingredientes para vermos se o produto possui os ativos de tratamento indispensáveis para cuidar do tipo de problema predominante que identificamos nos nossos fios. Exemplo, já que para mim o principal problema do meu cabelo é muito volume e frizz, eu sempre confiro para ver se a máscara de tratamento contém óleos ou manteigas vegetais. Se não tiver, procuro outro produto que contenha essas substâncias.

É importante lembrar que na lista de ingredientes estes estão listados em ordem decrescente. Assim, quanto mais para o final da lista, menor a quantidade do ingrediente na máscara.

E cuidado com as adições de produtos a máscara de tratamento que você adquiriu. Às vezes, as químicas não combinam e você acaba estragando o creme que comprou. Deixe as misturas para serem feitas pelos químicos responsáveis. Se você não encontrou um produto que atenda todas as necessidades do seu cabelo, faça um revezamento de máscaras seguindo um cronograma capilar. Assim você trata o seu cabelo por completo, mas não corre o risco de jogar seu dinheiro fora.

Quais são as suas máscaras de cabelo preferidas?

2 comentários em “Quais as diferenças entre as máscaras de cabelo?”

  1. Pingback: Dica de máscara de nutrição: Keune Satin Oil. Reduza o frizz e dê brilho aos seus cabelos!

  2. Pingback: Cabelos lindos com o cronograma capilar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *