Como economizar no supermercado: 28 dicas práticas.

Como economizar no supermercado: 28 dicas práticas

Compartilhe!

Sem dúvida as compras de alimentação são as que mais impactam no orçamento doméstico. Segundo o IBGE consome em torno de 20% do orçamento das famílias. Sendo assim, é importante fazer compras com consciência, sabedoria e técnica, não se deixando levar pelas estratégias de marketing dos estabelecimentos, para conseguir fechar o mês no verde. Veja nesse post 28 dicas práticas de como economizar no supermercado.



Como economizar no supermercado

Antes das compras

Organização é o começo de tudo

Antes de partir para compras é indispensável fazer uma preparação ainda dentro da sua casa.

Assim, recomendo que você dê uma olhada na despensa, nos armários de armazenar alimentos, na sua geladeira e também no freezer, se você tiver.

É preciso que todos esses ambientes estejam limpos e organizadosSe não, é provável que você compre o que já tem, e esqueça do que precisa. Se estão desorganizados, então, prepare-se para fazer aquela faxina!

Tire tudo de dentro destes ambientes, limpe as prateleiras e paredes e depois recoloque os alimentos, um por um, avaliando se estão no prazo de validade.

Depois, agrupe-os por tipo ou por função, o que fizer mais sentido para você.

Exemplo, junte todos os enlatados, os cereais (arroz, milho, trigo…), as leguminosas (feijões, ervilhas e lentilhas secas…), os temperos e assim por diante.

Ou agrupe-os por finalidade, juntando, por exemplo, todos os itens de café da manhã e os produtos de uso geral como sal, açúcar e óleo. Enfim, crie lugares específicos para cada alimento.

Vale a pena até etiquetar as prateiras para manter a organização. Assim, fica fácil recolocar os produtos nos seus devidos lugares. Eu uso uma etiquetadora como essa aqui e amo!

Como economizar nas compras de supermercado.
Etiquetadora (LINK).



Como economizar no supermercado: faça lista de compras

Com base na arrumação que você fez, agora é a hora de preparar uma lista de compras. Anote o que está faltando na sua casa. Tenha por base o cardápio que você costuma preparar.

Se, por outro lado, quiser experimentar uma nova receita, veja quais ingredientes você precisa comprar. Esteja atenta também as quantidades necessárias para não faltar nada.

Existem aplicativos de celular que facilitam a tarefa de manter uma lista de compras. Procure um e experimente, ou então, use a tradicional e infalível dupla papel e caneta.

Como economizar no supermercado.

Saiba a quanto vai gastar

Para que você consiga manter seus gastos dentro do seu orçamento é indispensável saber o quanto você pode gastar com compras de supermercado.

Esse valor será determinado levando em conta todas as suas receitas e despesas, mas sempre deixando uma margem para investimento.

É esse limite que ajudará você na hora de fazer escolhas mais racionais quando estiver de frente para as gôndolas do supermercado.

Pegue seu celular e use a calculadora para ir somando tudo o que você está colocando no carrinho.



Quando ir as compras

Não há consenso entre os especialistas em economia doméstica. Alguns, recomendam as compras mensais como a solução para economizar, já outros dizem que as semanais tendem a ser mais econômicas.

Então, a escolha de quando ir as compras dependerá das suas necessidades e preferências, assim como dos seus hábitos alimentares e disponibilidade de tempo.

Leve em consideração que alguns itens, como hortaliças, frutas e pães, por exemplo, precisam ser comprados semanalmente, pois têm um prazo de validade menor e podem estragar. Outros, contudo, como cereais, leguminosas, sal, materiais de higiene e limpeza podem ser comprados de forma mensal.

Tenha em mente, entretanto, que quanto menos vezes você for as compras, menores são as chances de gastar com supérfluos. Por outro lado, ir toda a semana permite que você aproveite para comprar as promoções.

Mas além das promoções, ir semanalmente ao supermercado pode acabar provocando a compra de coisas desnecessárias, caso você se deixe levar pelas estratégias dos varejistas.

Todavia, fazer compras mensais também tem seus riscos. A grande desvantagem é que você pode adquirir itens em excesso, que vão demorar muito para serem consumidos. Além disso, você precisa levar em consideração se existe espaço na sua casa para acondicionar esses produtos.

Assim, uma dica que funciona muito bem é dividir sua lista em duas categorias. A primeira contendo os produtos que podem ser estocados e por isso, você irá comprá-los apenas uma vez por mês. A segunda categoria inclui os itens mais perecíveis e que necessitam de compras semanais.

Mas faça as suas compras sempre segundo a sua lista. E não fique passeando pelos corredores dos supermercados para não cair nas armadilhas.

Evite, contudo, fazer compras entre o 1o e o 5o dia do mês, pois os supermercados aproveitam para subir os preços, já que as pessoas estão com dinheiro, uma vez que acabaram de receber.

Abra espaço na sua agenda

Fazer compras conscientes não é uma tarefa para se executar com pressa.

Assim, planeje a sua agenda, deixando um período considerável para as compras, pois você precisará de tempo para escolher as mercadorias.

Lembre-se, é preciso analisar rótulos e os preços dos produtos para escolher os de melhor custo-benefício. Não dá para fazer tudo correndo.

Como economizar no supermercado: escolha bem o seu look

Aqui não estou querendo dizer para você escolher um look com as peças tendência do momento. Estou me referindo a escolher um look confortável.

Então, nada de saltos altíssimos que cansam logo e roupas que atrapalhem os movimentos. Além de ficar um bom tempo de pé, caminhando para lá e para cá, você também precisará muitas vezes se abaixar para pegar os itens mas prateleiras inferiores.

Você sabia que os fornecedores dos supermercados pagam mais pelos espaços nas gôndolas que ficam na altura dos nossos olhos? E esse valor é transferido, claro, para nós consumidores. As melhores ofertas, portanto, costumam ficar nas prateleiras mais altas ou mais baixas.

Não esqueça dos óculos de leitura! Se você já tem mais do que 40 anos, é quase certo que você vai precisar de um para ler os rótulos com letrinhas cada vez menores.



Como economizar no supermercado: faça um lanche antes de sair

Sim, ir com fome para o supermercado é garantia de que você vai gastar mais com supérfluos, provavelmente coisas engordativas e nada nutritivas.

Leve suas sacolas

Não tem sentido pagar por sacolas. Compre as chamadas “Eco Bags”, que são reaproveitáveis. Seu bolso e o meio ambiente agradecem.

Varie o supermercado

Não se acostume a sempre ir a um mesmo lugar. Varie de vez em quando, para descobrir outros estabelecimentos que praticam bons preços.

E provavelmente, para fazer a maior economia possível, você terá que ir, inclusive, a mais de um lugar.

Mas saiba que quanto mais arrumadinho, bonito e confortável um supermercado, maiores tendem a ser os preços praticados. Afinal, ninguém dá nada para ninguém! Alguém, no caso você, sempre estará pagando a conta por todos os serviços oferecidos.



Sempre considere os atacadões

Muitos estabelecimentos têm valores diferentes para compras no varejo e no atacado. Dê preferência aos atacadões para comprar itens que podem ser estocados. Se você mora sozinha, combine com uma ou várias amigas e faça as compras juntas para pegar o desconto.

E as crianças?

Ao contrário do que se diz, você pode sim levar criança ao supermercado. Mas eduque desde cedo, conscientizando de que é preciso sempre comprar com responsabilidade. Ensine educação financeira aos seus filhos! Ajude-os a fazer uma lista de compras e a se manter fiel a ela.



Como economizar no supermercado: hora das compras

Agora, depois de uma longa, mas indispensável preparação, você chegou no supermercado. Veja as dicas para garantir que você termine no lucro.

Cesta ou carrinho?

Se for para comprar pouca coisa, definitivamente, pegue cestinha. E, se possível, vá a pé! Afinal, o carrinho e a mala do carro cabem muito mais do que você realmente precisa!

Dicas de economia doméstica

Não seja fiel a marcas

Cuidado com a fidelização as marcas, ou seja, se permita experimentar produtos novos com preços mais convidativos.

As marcas próprias dos supermercados, por exemplo, costumam oferecer bons produtos por preços bem menores. Elas fazem isso para te fidelizar, então, com certeza não vão escolher produtos que queimem o filme deles, certo?



Como economizar no supermercado: valorize os centavinhos

É na soma dos centavos que o nosso salário vai todo. Como já diz o ditado: “de grão em grão a galinha enche o papo”, e, nesse caso, quem fica com o “papo” cheio de dinheiro é o supermercado.

Portanto, em cada produto, qualquer economia é válida, por menor que seja. Você tem que pensar que uma grande economia começa na soma de pequenos valores.

Por isso, dê uma chance aos produtos mais baratos. Somente assim você vai conhecer novas marcas e mercadorias.

Afinal, todos os dias são lançados milhares de produtos. Por que não se permitir descobrir novas opções? É simples, compre apenas um para experimentar, se não gostar, não compre de novo.

Atenção ao prazo de validade

Confira sempre o prazo de validade de tudo o que você for colocar no seu carrinho. Por isso, você não pode vir correndo ao supermercado. O que adianta pagar barato, mas ter que jogar fora depois?



Visite a gôndola dos produtos próximos a vencer

Geralmente os supermercados mantêm uma gôndola com mercadorias que estão próximas ao vencimento. São normalmente produtos com ótimos descontos. Mas só valem a pena se você se organizar para consumi-los o mais rapidamente possível, ainda dentro do prazo de validade.

Como economizar no supermercado: varie nas carnes

Compre carne, de preferência, no açougue, pois no supermercado costuma ser mais caro.

As carnes chamadas “de segunda” são ótimas opções. Nutricionalmente são exatamente iguais as chamadas “de primeira“, a única diferença é que as de segunda costumam ser mais duras. Mas isso é facilmente resolvido pela cocção por calor úmido, especialmente na panela de pressão. Se você não sabe como usar esse incrível utensílio, clique aqui e aprenda.

Se você for comprar carne moída, não faz sentido pagar o preço de carnes de primeira, como o patinho, por exemplo. O fracionamento mecânico é suficiente para abrandar qualquer carne de segunda. Então, opte por acém e paleta que são cortes bem mais baratos.

Acabe com seu preconceito contra a carne de porco. Hoje em dia é uma carne tão segura quanto a bovina e com preços muito mais convidativos. É não é mais gordurosa. Em muitos cortes, pelo contrário!



Dicas sobre frutas e hortaliças

Sempre que possível compre produtos frescos, como frutas e hortaliças, na feira ou sacolão. Costumam ter melhor preço e qualidade

Além disso, procure pelos itens que estão na safra, pois costumam ser bem mais baratos, saborosos, nutritivos e com menor concentração de agrotóxicos.

Na safra a planta está dando frutos no período em que está naturalmente preparada para isso, então, está mais forte para se defender das pragas sozinha, sem a ajuda de defensivos agrícolas.

Outra dica é procurar aproveitar integralmente as frutas, verduras e legumes. Assim, considere guardar talos e folhagens para fazer sopas, torre sementes para comer como aperitivo e use um descascador ao invés de faca para tirar cascas bem fininhas e desperdiçar menos. Confira também o post com os utensílios indispensáveis na cozinha.

Experimente também preparações que utilizam o alimento como um todo. Aqui no blog, por exemplo, tem um bolo de laranja de liquidificador, que usa a fruta com a casca, e que é simplesmente delicioso e muito fácil de fazer.

As folhas da beterraba também são deliciosas para serem consumidas refogadas, assim como as folhas do brócolis e as ramas da cenoura. Essas partes normalmente costumam ser jogadas no lixo! Uma pena.

Dicas de como economizar nas compras de supermercado.

Como economizar no supermercado: atenção aos refis

Analise se comprar o refil vale mesmo a pena. Já vi, mais de uma vez, supermercado cobrar mais pelo refil do que pelo produto completo.



As armadilhas da fila do caixa

Cuidado com as compras por impulso daquelas mercadorias que ficam próximas ao caixa. Normalmente são produtos de ótima lucratividade para o supermercado e de baixo nível nutricional. Enfim, uma furada!

Confira os preços promocionais no caixa

Fique que olho para ver se na hora em que estão passando o código na barras dos produtos, o preço praticado é mesmo aquele que estava anunciado na gôndola.

Atenção principalmente para os produtos que oferecem grandes promoções. Sempre anote para você mesma não se confundir. Se o preço estiver errado, fale para o funcionário.

Revise o cupom fiscal das suas compras

Algumas vezes, nem sempre por má fé, o preço mais baixo exposto na gôndola não foi atualizado no sistema. Se isso acontecer, peça ao funcionário que corrija.



Como economizar no supermercado: o pagamento

Nunca parcele compras de supermercado, afinal todo mês você precisa comprar alimentos. Parcelar nesse caso é entrar em uma bola de neve. Pagamento mínimo e juros de cartão não ajudam a ninguém!

Contudo, pagar no cartão, em uma única vez, pode ser interessante para juntar pontos. Estes podem ser trocados por abatimento no valor do próprio boleto do cartão, por mercadorias e até por viagens. Informe-se.

Mas se você não for uma pessoa minimamente organizada e controlada, quebre seus cartões de crédito e pague sempre no débito ou dinheiro. Assim você não se enrola.



Chegou com as compras em casa

Primeiro a entrar, primeiro a sair

Organize tudo na despensa, armários e geladeira, sempre colocando os itens mais antigos para serem consumidos primeiro. E confira sempre o prazo de validade para não deixar estragar nada.

Use mais seu freezer

Viu que não vai consumir logo, então congela. Dá para fazer com pães, frios, queijos, frutas, verduras e legumes. Nesses 2 últimos, contudo, antes de congelar, faça o branqueamento, para manter melhor a aparência e a qualidade depois de descongelados. Confira o post onde eu explico como fazer clicando aqui.

Use etiquetas nos produtos congelados para não deixar que passem da data de validade. Não é porque estão congelados que podem ficar no freezer eternamente. Confira também o post sobre congelamento de alimentos.



Respeite a “personalidade” dos alimentos

Como você não quer que seus alimentos estraguem rapidamente, é necessário respeitar suas características.

Banana e tomate são más companhias

Assim, banana e tomate devem ficar em recipientes isolados, pois quando estes estão maduros expelem um gás chamado etileno, que faz com que as outras frutas que estão por perto amadureçam mais rápido e acabem estragando. Então, tire-os da fruteira e arranje um lugar só para eles.

As batatas são vampiras

kkkkk Aqui é para terminar o post com humor. Mas de certa forma é verdade. As batatas, como os vampiros, não gostam de luz, por isso crescem debaixo da terra. Então, na hora de guardá-las, coloque-as em um lugar de pouca luminosidade.

Se as batatas ficarem expostas a luz, além de estragarem mais rápido, podem ficar esverdeadas e tornarem-se venenosas. Contudo, elas também não gostam da geladeira. Então, arranje um lugar escurinho, mas ventilado, para deixá-las. Entenda melhor lendo esse post aqui.

Conclusão

Como já diz o ditado:

“O dinheiro não é de quem ganha, mas de quem sabe gastar”.

Se você quer fazer mais com seu salário precisa, de uma vez por todas, valorizar a forma como gasta seu dinheiro.

Siga todas essas dicas que você não vai se arrepender! Palavra de quem já tem mais de 25 anos de experiência como dona de casa!



Gostou das dicas? Quer incluir mais alguma? Fique a vontade!

Siga o Almanaque da Mulher no Instagram e no Facebook.

Deixe uma resposta

Rolar para cima