Alimentos que sabotam a dieta

10 alimentos saudáveis que podem estar sabotando sua dieta

Se você está sempre de dieta, mas não perde nem um grama, pelo contrário, tem observado o ponteiro da balança sempre subindo, pode ser que esteja se sabotando sem querer. Alimentos que sabotam a dieta

Muitas pessoas confundem alimentos saudáveis com alimentos que não engordam.

Todos os alimentos, inclusive os saudáveis, possuem calorias, portanto, podem engordar. Dependendo da composição do alimento, ele pode ser mais ou menos calórico, mas sempre terá calorias.

Então, se você não prestar atenção nas quantidades e nas suas escolhas, pode não chegar ao seu tão desejado objetivo. Abaixo eu listo 10 alimentos saudáveis que podem sabotar a sua dieta.



Veja 10 alimentos saudáveis sabotadores da dieta

1. Frutas

As frutas são importantes fontes de vitaminas, sais minerais, fibras e antioxidantes (leia post), por isso, devem fazer parte da nossa alimentação diária. Mas é importante atentar para as quantidades consumidas. A recomendação é comer de 2 a 5 porções pequenas por dia, dependendo do seu nível de atividade física, idade, peso, altura, estado clínico. Um nutricionista vai te ajudar a descobrir a sua quantidade diária ideal.

Caso você consuma frutas demais, sua dieta de emagrecimento será comprometida, pois as frutas são ricas em frutose, açúcar que se transforma em glicose no nosso organismo.

Atenção especial para as frutas mais calóricas como manga, banana, uvas e abacate. O abacate é uma fruta com baixa concentração de açúcar, mas é rico em gorduras. Mesmo sendo gorduras consideradas boas para o organismo, é um alimento calórico, então deve ser consumido com moderação.

Para abaixar um pouco o índice glicêmico das frutas é recomendável adicionar 1 colher de sopa de chia, aveia ou linhaça na sua porção de fruta. Mesmo assim, não ultrapasse o seu limite diário.



2. Sucos de frutas

Optei por separar o suco de frutas do item frutas para chamar ainda mais atenção. Quando você toma um suco de laranja natural, por exemplo, quantas laranjas você acha que são usadas? Dependendo do tamanho da laranja e do copo umas 3 ou 4, no mínimo. Mas você chuparia 3 ou 4 laranjas de uma vez? Acredito que não. E sabe por que? Porque quando você come a fruta, você ingere a fruta como um todo, com suas fibras que dão maior volume e saciedade.

Na forma de suco você pode consumir uma grande quantidade de calorias sem perceber. Pior ainda para os sucos coados que perdem todas as fibras, tornando-se alimentos de alto índice glicêmico. Sucos muitas vezes ainda levam açúcar, além do próprio açúcar da fruta. Resultado: muitas calorias a mais e pouca saciedade.

Se eu não recomendo o abuso de sucos naturais, pior ainda para os industrializados não integrais e adicionados de açúcar. Esses devem ser abolidos definitivamente do seu cardápio.



3. Frutas secas e oleaginosas (castanhas, nozes, avelãs, amêndoas)

São ótimas opções de lanche, pois têm gorduras boas, sais minerais, vitaminas e proteínas, mas são alimentos que por estarem secos, acabam tendo uma maior concentração de nutrientes. Então, aqui atenção na quantidade. Um punhado por dia já é o suficiente. Procure variar nos tipos para consumir nutrientes variados.

Quanto aos damascos e passas, imagine a quantidade desses alimentos que você consumiria se estivessem hidratados. Você comeria não mais que 3 damascos e a quantidade de passas equivalente a um cacho pequeno de uvas. Esses alimentos secos só perderam a água e não as calorias, então, não exceda na quantidade recomendada.



4. Granola

A granola possui fibras que dão saciedade e carboidratos que dão energia. Mas as compradas prontas em geral são carameladas, por isso muito calóricas. Para caramelizar é adiocinado açúcar! O ideal é fazer a sua própria granola, juntando os ingredientes que você pode comprar a granel. Mesmo assim se atente para a quantidade, no máximo 25 g, o equivalente a duas colheres de sopa por dia.



5. Alimentos diet e light

Pela legislação brasileira um alimento pode ser chamado de light quando tiver uma redução de pelo menos 30% de qualquer nutriente ou mesmo das calorias. Assim, se você deixou de comer uma porção de um alimento comum para comer duas da versão light já perdeu toda a vantagem. Exemplo: imagine que a porção de um alimento qualquer tenha 60 kcal e que a versão light do mesmo alimento tenha 40 kcal. Se você comer duas porções do light estará comendo ao total 80 kcal, ou seja, 20 kcal a mais do que uma porção da versão comum. Então, não se iluda!Alimentos que sabotam a dieta

Alimento diet é alimento sem açúcar, por isso é destinado aos diabéticos. Normalmente, quando se tira o açúcar é necessário aumentar a quantidade de outro nutriente. Portanto, um alimento diet pode ter até mais calorias do que o comum. É o caso do chocolate diet, por exemplo. A versão diet por não conter açúcar, leva mais gordura e as gorduras são muito mais calóricas que os carboidratos, então, a versão diet tem muito mais calorias. E o pior, na maioria das vezes a indústria acrescenta gordura vegetal hidrogenada, que é péssima para a saúde, cheia de gordura trans. Uma ótima opção é o chocolate com no mínimo 70% de cacau.



6. Comida japonesa

É importante lembrar que nos sushis junto com o peixe vai uma boa quantidade de arroz prensado. E esse arroz além de ser um tipo refinado, em que foram retiradas as fibras, é cozido com açúcar. Você eu certo! Com açúcar! Ou seja, cada sushizinho tem de 20 a 45 calorias, dependendo do tamanho e dos ingredientes que levar. Agora multiplique pela quantidade que você costuma comer no rodízio. Se você consumir 10 unidades dos tipos mais calóricos, ao final você consumiu 450 kcal só de sushi. Portanto, atenção nas quantidades.

O sashimi como é só o peixe é bem menos calórico, pois não tem o carboidrato. Procure equilibrar o consumo. Mas peixes como salmão e atum contém uma boa quantidade de gordura.

Nem preciso chamar a atenção para os alimentos fritos, como tempuras, rolinho primavera, guioza, entre outros. Esses devem ser evitados por quem não quer extrapolar nas calorias.

Cuidado também com o molho shoyu, que mesmo na versão light, tem ainda bastante sódio. Sódio demais leva a retenção de líquidos, mais chance para formar celulites e inchaços indesejados.



7. Acompanhamentos das saladas

Você chega no restaurante e pensa: “hoje eu vou pedir só uma saladinha.” Até aí ótimo, mas o problema são os acompanhamentos. Se a sua linda salada de folhas verdes vier carregada de molho a base de maionese, croutons (pedaços de pão assados com bastante manteiga ou azeite), tomate seco encharcado de óleo, queijos super calóricos como os amarelos, roquefort, muito milho, batata palha… Não preciso nem dizer, né?!

A saída: (1) pedir as folhas retirando os ingredientes mais calóricos, ou deixe apenas um, mas maneire na quantidade; (2) pedir sempre o molho a parte e (3) usar apenas uma pequena quantidade do molho ou então substituir por azeite, vinagre e sal colocados por você mesma. (4) Por último, acrescente uma porção de proteína magra para aumentar a saciedade e balancear melhor o seu prato.

Alimentos saudáveis sabotadores da dieta


8. Azeite

O azeite extra virgem é um alimento maravilhoso, rico em ácidos graxos monoinsaturados, polifenois e vitamina E. Mas não se pode esquecer que cada colher de sopa de azeite contém cerca de 120 kcal. Portanto, use com muita moderação.

9. Cereais integrais

Cereal integral é sempre a opção mais saudável porque contém além dos carboidratos, fibras, vitaminas e sais minerais. Mas continuam tendo bastante carboidrato e muitas vezes são até mais calóricos do que as versões refinadas, por conterem o germe do grão, que é rico em gorduras. Assim, não é porque é integral que pode comer a vontade. Em média 2 a 3 colheres de sopa no almoço e no jantar. A vantagem é que o alimento integral, por conter mais fibras, tem um índice glicêmico um pouco mais baixo, além disso, contém vitaminas e minerais.



10. Vinho

O vinho, principalmente o tinto, é um alimento rico em flavonoides com muitos benefícios para a saúde. Mas cada taça de vinho tem em média de 120 a 200 kcal, dependendo do teor alcoólico. Cada grama de álcool fornece 7 kcal. Quanto maior o percentual de álcool do vinho, maior seu valor calórico. Portanto, beber várias taças de vinho pode sabotar a sua dieta.


Enfim, não existe alimento proibido, mas existem melhores escolhas. Alimentos saudáveis também engordam, dependendo da quantidade consumida e da forma de preparo. Atenção nas suas escolhas!! Não se sabote!!

As quantidades recomendadas no texto são apenas uma ideia. Para saber ao certo o quanto você pode consumir por dia de cada alimento, recomendo a visita a um nutricionista.

Veja mais posts sobre Nutrição e Saúde. Comente, mande perguntas, sugestões, críticas! Curta e compartilhe nas suas redes sociais me ajudando na divulgação. 🙂



1 comentário em “10 alimentos saudáveis que podem estar sabotando sua dieta”

  1. Pingback: Trocas inteligentes de alimentos, trocas por alimentos mais saudáveis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *