Tudo o que você precisa saber sobre o ácido glicólico

O ácido glicólico é um dos queridinhos dos cuidados com a pele, conhecido por sua eficácia em diversos tratamentos dermatológicos. Mas afinal, para que serve esse ácido e quais são os seus benefícios para a pele? Neste artigo, vamos explorar em profundidade o ácido glicólico, desde suas propriedades até como ele pode revolucionar a sua rotina de skincare.



O que é ácido glicólico

O ácido glicólico é um tipo de alfa-hidroxiácido (ou AHA) derivado da cana-de-açúcar. É amplamente utilizado em produtos cosméticos e tratamentos dermatológicos devido às suas propriedades esfoliantes e rejuvenescedoras.

Com uma estrutura molecular pequena, o ácido glicólico é capaz de penetrar profundamente na pele, proporcionando uma série de benefícios.

Para que serve ácido glicólico.

Para que serve ácido glicólico

Quando se trata dos benefícios do ácido glicólico, ele se destaque em pelo menos sete. Confira a seguir:

Esfoliação profunda

O ácido glicólico é conhecido por sua capacidade de esfoliar a pele de forma suave, mas eficaz. Ele remove as células mortas da camada superficial da pele, revelando uma pele mais suave e radiante.

Age, portanto, na camada mais superficial da pele, o estrato córneo. O estrato córneo normal e intacto consiste em camadas de células mortas bem compactadas, ou seja, que estão fortemente unidas. O ácido glicólico afrouxa essas ligações.

É como se ele dissolvesse a cola que mantem as camadas duras e ásperas de células mortas da pele unidas, facilitando que elas se desprendam mais facilmente.



Estimular a produção de colágeno

Como a molécula de ácido glicólico é bem pequena, ele consegue penetrar mais profundamente na pele, onde faz um trabalho mais sério.

O ácido glicólico estimula os fibroblastos na derme a produzirem maiores quantidades de colágeno! O colágeno é uma proteína essencial para a firmeza e elasticidade. E ao estimular a produção de colágeno, ajuda a pele a ficar mais firme e tonificada.

Minimizar linhas finas e rugas

Como estimula a produção de colágeno e também a de elastina, o ácido glicólico ajuda a minimizar as linhas de expressão finas e as rugas, resultando em uma pele mais jovem.

Para que serve ácido glicólico: clarear manchas

Ao estimular a renovação celular, o ácido glicólico acelera a eliminação do excesso de pigmento na pele, como o causado pelo melasma, por exemplo. Com isso, há um clareamento uniforme das manchas onde o ácido foi aplicado.

O ácido glicólico também é eficaz no tratamento da hiperpigmentação pois inibe a produção de melanina, ajudando a clarear áreas pigmentadas e uniformizar o tom da pele.

Reduzir o excesso de oleosidade

Por conta do seu baixo peso molecular, o ácido glicólico penetra na pele rapidamente e ajuda a manter os poros livres do excesso de sebo.

Assim, previne o aparecimento de cravos e espinhas, ajudando a controlar a oleosidade excessiva.



Melhorar a textura da pele

O ácido glicólico minimiza a aparência de poros dilatados, melhorado dessa forma a textura da pele.

Para que serve ácido glicólico: reduzir cicatrizes de acne

Como esfolia profundamente a pele, o ácido glicólico promove a renovação celular, minimizando a aparência de cicatrizes deixadas pelas inflamações causadas pela acne.

Assim, com a junção entre a ação superficial no estrato córneo e o trabalho que ele faz abaixo, a pele ficará mais suave e parecerá mais radiante e uniforme.

Como usar o ácido glicólico

Esfoliação

Comece o tratamento da sua pele com ácido glicólico aplicando um esfoliante que contenha este princípio ativo na sua fórmula. Recomendo o Esfoliante Antissinais Natura Chronos, que possui um mecanismo duplo de esfoliação.

Primeiro: micropartículas de bambu promovem uma esfoliação física, removendo as células mortas da superfície da pele. Já o ácido glicólico presente na fórmula faz uma esfoliação química, limpando profundamente e estimulando a síntese de colágeno. Clique aqui e confira no site da Natura.

Esfoliante Antissinais Chronos com ácido glicólico (clique aqui).

Amo esse esfoliante da Natura, uso duas vezes por semana. Tem post aqui no blog com a resenha do produto.

Tratamento com séruns

Outros itens que podem fazer parte da sua rotina de tratamento diário são os séruns com ácido glicólico. Por serem produtos sem enxágue têm tempo para uma ação mais profunda. Tenho 2 para indicar:

Ácido glicólico Hinode Routine

Com ácido glicólico e camomila trata a pele de forma superficial e profunda. Clique aqui e confira mais informações sobre esse produto.

Ácido Glicólico The Ordinary

Esse tônico com 7% de ácido glicólico oferece esfoliação suave que deixa a pele super iluminada. A fórmula é enriquecida com Ginseng e Aloe Vera, que têm benefícios calmantes. Clique aqui e compre no site da Amazon.

Outras questões

O ácido glicólico é bom para todos os tipos de pele?

É melhor para as peles normal, mista ou oleosa. Pessoas com pele seca e altamente sensível geralmente reagem com irritação.

É necessário proteger a pele dos raios solares quando estiver usando esse ácido?

O uso de protetor é essencial quando se está utilizando produtos contendo ácido glicólico já que esse produto promove uma esfoliação mais profunda da pele.

O ácido glicólico é bom para tratar a acne?

Sim, o ácido glicólico é uma ótima escolha para a pele propensa a acne. Ele funciona limpando profundamente os poros.

Na verdade, o ácido glicólico é ótimo não apenas para tratar, mas também para prevenir a maioria dos tipos de acne cuja causa raiz é o acúmulo de óleo.

No entanto, use com cautela se você tiver pele seca, sensível ou com acne cística. Se você tem um caso de acne leve a moderada, pode usá-lo evitando apenas as áreas já sensibilizadas.

Mas se você tem rosácea ou acne cística dolorosa, esse ácido pode ser muito forte. Nestes casos é importante consultar um dermatologista ou um esteticista experiente.

O ácido glicólico tem algum efeito colateral?

Por ser um ácido poderoso, use-o seguindo as instruções dos fabricantes dos cosméticos. Tudo para evitar riscos de irritação ou queimaduras na pele.

Outra vantagem? O ácido glicólico é imediatamente neutralizado quando em contato com a água.

Assim, caso sinta formigamento é só enxaguar o produto. Mas mesmo que ele penetre profundamente em sua pele, eventualmente atinge a água na derme. Lá será neutralizado.

Conclusão

Em resumo, o ácido glicólico é um ingrediente poderoso nos cuidados com a pele, oferecendo uma série de benefícios, desde esfoliação e renovação celular até clareamento de manchas e estímulo ao colágeno.

Ao incorporar o ácido glicólico em sua rotina de skincare de forma adequada e gradual, você pode desfrutar de uma pele mais radiante, suave e jovem.

Para saber mais sobre como incorporar o ácido glicólico em sua rotina de cuidados com a pele ou para encontrar produtos recomendados, consulte um dermatologista ou esteticista especializado em tratamentos dermatológicos.

Esperamos que este artigo tenha sido esclarecedor e útil para você. Se tiver alguma dúvida ou experiência para compartilhar sobre o uso do ácido glicólico, deixe seu comentário.

Enfim, por hoje é só! Mas siga o Almanaque da Mulher no Pinterest e no Instagram. Te espero por lá também!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: