Como ter um couro cabeludo saudável

Volume zero, cabelo que não cresce, muitos fios espalhados pelo chão. Se você passa por isso, comece a dar atenção ao grande responsável pela saúde dos seus cabelos: o couro cabeludo. Veja nesse post tudo o que você precisa saber para ter um couro cabeludo saudável e fios de causar inveja, resolvendo a raiz do problema.



Couro cabeludo

O que é o couro cabeludo?

Couro cabeludo saudável dicas.

Couro cabeludo é a camada de pele da nossa cabeça que sustenta os fios. É uma grande barreira que nos protege no meu externo.

O couro cabeludo é o principal responsável por cabelos bonitos e bem tratados. É formado por três camadas:

  • Epiderme – camada mais externa
  • Derme – parte intermediária
  • Hipoderme – camada mais profunda

Estruturas do couro cabeludo.

Quais os principais problemas do couro cabeludo?

O couro cabeludo é suscetível a uma variedade de problemas que podem afetar a saúde e a aparência dos cabelos. Alguns dos principais problemas do couro cabeludo incluem:

  1. Caspa (dermatite seborreica): Uma condição comum que resulta na descamação do couro cabeludo. Pode ser acompanhada de coceira.
  2. Psoríase do couro cabeludo: Uma condição autoimune que causa inflamação e descamação. Pode afetar não apenas o couro cabeludo, mas também outras áreas da pele.
  3. Dermatite de contato: Uma reação inflamatória causada pelo contato com substâncias irritantes, como produtos químicos presentes em alguns produtos para cabelo.
  4. Alopécia (queda de cabelo): Existem várias formas de alopécia que podem afetar o couro cabeludo, incluindo alopécia areata, que é uma condição autoimune.
  5. Infecções fúngicas: Infecções por fungos, como a tinha do couro cabeludo, podem causar descamação, coceira e queda de cabelo.
  6. Excesso de oleosidade: O couro cabeludo produz sebo para manter os cabelos hidratados, mas o excesso pode levar a problemas como oleosidade excessiva e caspa.
  7. Foliculite: Uma inflamação dos folículos capilares, muitas vezes causada por infecções bacterianas.
  8. Couro cabeludo seco: Pode resultar em coceira, descamação e cabelos sem brilho. Fatores como clima seco, uso excessivo de produtos químicos e água quente podem contribuir para o ressecamento.
  9. Queimaduras do couro cabeludo: Exposição excessiva ao sol ou a produtos químicos agressivos pode causar queimaduras no couro cabeludo.
  10. Eczema: Uma condição inflamatória crônica da pele que pode afetar o couro cabeludo, causando coceira, vermelhidão e descamação.
  11. Dor: A dor no couro cabeludo pode ser causada por várias razões. Veja a seguir.

Couro cabeludo seborreia.

Couro cabeludo dolorido: causas

A origem da dor no couro cabeludo pode variar. Algumas das causas mais comuns incluem:

Lavagem muito esporádica:

Lavar os cabelos com pouca frequência pode ser a causa da coceira e  da dor no couro cabeludo. A falta de higiene adequada e o acúmulo de sujeira, sebo e produtos capilares podem contribuir para condições que causam desconforto.

Tensão muscular:

A tensão nos músculos do pescoço e do couro cabeludo pode resultar em dor. Isso pode ser causado por má postura, estresse ou tensionamento muscular.

Enxaquecas ou dores de cabeça:

Algumas pessoas experimentam dores no couro cabeludo como parte de uma enxaqueca ou dor de cabeça tensional.

Sensibilidade nos folículos capilares:

Em algumas condições, como alopécia areata, os folículos capilares podem ficar sensíveis, causando dor no couro cabeludo.

Alopécia areata.

Queimaduras solares:

A exposição excessiva ao sol pode causar queimaduras no couro cabeludo, levando a dor e desconforto.

Causas da dor no couro cabeludo – infecções:

Infecções fúngicas, bacterianas ou virais do couro cabeludo podem causar dor e desconforto.

Dermatite seborreica:

Esta condição pode causar inflamação e descamação no couro cabeludo, acompanhada de coceira e dor.

Couro cabeludo coçando.

Uso de produtos capilares agressivos:

O uso excessivo de produtos químicos agressivos ou irritantes no cabelo e no couro cabeludo pode levar a sensações de dor.

Trauma físico:

Lesões no couro cabeludo, como cortes, contusões ou ferimentos, podem resultar em dor.

Estresse e ansiedade:

O estresse emocional pode manifestar-se fisicamente, e algumas pessoas podem experimentar dor no couro cabeludo como resultado.

Tensão muscular:

A tensão nos músculos do pescoço e do couro cabeludo pode resultar em dor. Isso pode ser causado por má postura, estresse ou tensionamento muscular.

Se a dor no couro cabeludo persistir ou for grave, é aconselhável procurar a orientação de um profissional de saúde, como um médico ou dermatologista. Eles podem ajudar a identificar a causa subjacente da dor e recomendar um plano de tratamento apropriado com base na avaliação clínica.

O que fazer para ter um couro cabeludo saudável

De acordo com uma pesquisa feita pela Nielsen, 40% da população mundial sofre com problemas no couro cabeludo. Para escapar dessa estatística, tendo um couro cabeludo saudável, veja a seguir um guia completo de cuidados.



1. Massagem e escovação

Como fazer massagem para estimular a raiz dos cabelos.

Ativar a circulação é fundamental para entregar mais nutrientes e oxigênio para as raízes dos fios. O resultado é um cabelo mais forte.

Assim, antes da lavagem, massageie toda a cabeça utilizando as pontas dos dedos ou com uma escovinha própria para essa função. Faça movimentos circulares de média pressão.

E escove o comprimento com uma escova de cerdas macias. Esse hábito distribui a oleosidade e facilita a limpeza.



2. Pré-lavagem

Da mesma forma que na pele do corpo, existem células mortas no couro cabeludo, que se juntam a resíduos de cremes e finalizadores. Para remover completamente esses depósitos, é recomendada uma esfoliação.

A recomendação é repetir a esfoliação pelo menos uma vez por mês, para quem sofre com oleosidade e a cada dois meses, para quem tem fios normais a secos.

Para fazer a esfoliação recomendo dois produtos: Esfoliante Capilar Tea Tree da The Body Shop (clique aqui) e o Nioxin Scalp Renew (clique aqui). O Nioxin Scalp Renew é de uso profissional, faz uma esfoliação química e só deve ser usado a cada 30 ou 45 dias.



3. Couro cabeludo saudável: cuidados na lavagem

Lavar diariamente os cabelos não causa problemas. Mas o ideal mesmo é lavar dia sim, dia não, para não retirar o manto hidrolipídico, mistura de suor e sebo produzida pelo couro cabeludo para proteção.

Na hora da lavagem foque seus esforços na limpeza do couro cabeludo. Eu uso uma escovinha para realizar uma limpeza mais caprichada (clique aqui).

Com a escovinha da Tangle Teezer, além de limpar melhor e massagear o couro cabeludo ao mesmo tempo, eu ainda protejo o meu esmalte de unha. Antes de usar a escova na lavagem do meu cabelo, meu esmalte sempre descascava. Isso também acontece com você?

E a espuma que escorre pelos cabelos é suficiente para higienizar os fios. Não precisa esfregar para não erriçar as cutículas dos fios provocando ainda mais frizz.

Uma ótima forma de lavar os fios é diluir o shampoo e o condicionador. Quer saber como? Clique aqui é veja o post Como lavar corretamente os cabelos. Lá eu explico tudo.



4. Capriche na limpeza profunda

Produtos como shampoo, condicionador, cremes e finalizadores sempre deixam partículas nos fios.

Esses depósitos obstruem as raízes dos cabelos e prejudicam o couro cabeludo e os fios. É aí que entram os shampoos de limpeza profunda (clique e veja post), também chamados de anti resíduos.

Ou seja, a chave para cabelos saudáveis é o cuidado com o couro cabeludo.



Dúvidas sobre o couro cabeludo

Abaixo selecionei algumas dúvidas muito comuns a respeito do couro cabeludo.

Qual a especialidade médica que cuida do couro cabeludo?

Dentro da dermatologia, existe uma especialidade que é a tricologia. Assim, o tricologista é o médico dermatologista especialista em cuidados com os cabelos.



Couro cabeludo sensível ao toque? Saiba o porquê

A dor no couro cabeludo pode ocorrer devido a vários fatores, entre eles a tração excessiva dos fios (elástico muito apertado), uso de químicas, dermatite atópica, stress e oleosidade excessiva. Para descobrir exatamente qual a causa da sensibilidade consulte um médico tricologista.



Fazer colorações frequentes provoca queda?

MITO. A química da coloração não penetra no bulbo, local onde os fios estão presos. Mas, as descolorações muito agressivas podem causar quebra química dos fios.

Por isso, só se submeta a descolorações agressivas em bons salões de cabeleireiros, especialmente se você faz também alisamentos.

Condicionador é proibido na raiz?

VERDADE. O produto é desenvolvido para devolver aos fios um pouco da hidratação, que foi retirada durante a lavagem, deixando sempre algum resíduo por melhor que seja o enxágue.

Quando aplicado na raiz esse depósito causa aumento da oleosidade e até irritação, podendo levar até a queda dos fios.

É normal cair quantos fios de cabelo em média por dia?

Uma queda de até 100 fios por dia é considerada normal.

Bem, essas são as minhas dicas para ter um couro cabeludo saudável.

Assine a Newsletter do Almanaque da Mulher para receber por e-mail todas as atualizações e ofertas exclusivas. É só preencher os campos abaixo:

Veja também os posts:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: