Parlux 385

Qual o melhor secador de cabelo? Confira os atributos que você deve considerar

Compartilhe!

Meu secador de cabelos pifou recentemente, então precisei procurar um novo para comprar. Como aqui em São Paulo tem dias muito frios no outono/inverno, então, um secador é mais do que necessário. Não só para estilizar os fios, mas principalmente para evitar sair de cabelo molhado por aí, me arriscando a pegar um resfriado. A verdade é que eu nunca pesquisei muito para escolher um secador, sempre fui pelo preço. Mas depois de ter que comprar outro secador em pouco tempo, resolvi que era hora de me dedicar mais na escolha. Veja nesse post o que eu descobri sobre como escolher o melhor secador de cabelo.



Como escolher o melhor secador de cabelo

O preço sempre foi para mim o motivo principal pela escolha de um secador de cabelo. No Rio sempre usei pouco, pois devido ao calor não era convidativo secar os fios. Porém, desde que mudei par São Paulo, seco com secador toda vez que lavo os cabelos.

Assim, depois de ter gastado dinheiro com um secador e ficar sem ele cerca de um ano depois, porque queimou, resolvi que precisava me dedicar mais na escolha. Então, agora além do preço, passei a olhar também a potência, a durabilidade e, claro, o peso.

Além disso, os que têm controle de temperatura e jato de ar frio também são mais interessantes. Por fim, o comprimento do fio é outro fator que eu passei a considerar.



Potência

A potência você descobre olhando os watts do secador, ou seja, quanto maior o número, maior a potência. E as maiores potências garantem uma secagem dos fios mais rápida. Para um secador ser considerado profissional, contudo, ele deve ter no mínimo 2.000 watts de potência.

Mas atenção, secadores com mais de 1.600 watts de potência precisam de uma tomada especial, de 20 amperes (20 A). Em outras palavras, os secadores mais potentes vêm com um plugue com os pinos mais grossos, e que, portanto, não entram nas tomadas comuns de 10 amperes.

Então, se sua tomada for de 10 A, será necessário providenciar a troca. O uso de adaptadores não é recomendado por questões de segurança e, também, para garantir o bom funcionamento do aparelho.



Durabilidade

Os equipamentos chamados profissionais aguentam mais horas de funcionamento, pois foram desenvolvidos para serem utilizados todos os dias e por várias horas seguidas. Como o meu secador anterior, que não era profissional, queimou rápido, então passei a considerar esse item como essencial.

Peso

Logicamente, o melhor secador de cabelo deve ser também leve. Afinal, você quer secar o cabelo ou treinar ombros e braços? Né?



Controle de temperatura

Quanto mais quente o ar, lógico, mais rápido é a secagem. Porém, é necessário levar em consideração o objetivo do momento.

Caso esteja com pressa, altas temperaturas secam os fios mais rapidamente. Mas se for secar só a franja, por exemplo, o ar muito quente pode danificar os fios. E para modelar um cabelo quase seco, não é necessário uma temperatura muito alta. Enfim, os aparelhos que têm um controle de temperatura com mais opções são mais versáteis.

Outro fato a se considerar é que os aparelhos que secam os cabelos mais rápido proporcionam economia de eletricidade também.



Jato de ar frio

O uso do ar frio é muito útil para finalizar o penteado, pois ameniza o frizz (os fiozinhos arrepiados) e deixa os cabelos mais brilhantes. Isso porque ajuda a selar as cutículas, que foram abertas durante a lavagem e a própria secagem devido ao calor.

Comprimento do frio

Quanto maior, melhor, pois nem sempre as tomadas estão bem localizadas.



Minha escolha do melhor secador de cabelo

Avaliando todos os critérios que eu citei acima, além de outros diferenciais que comentarei depois, escolhi o Parlux 385 PowerLight. A marca Parlux tem origem italiana, por isso, brinco que ele é a Ferrari dos secadores de cabelo. Mas vou explicar tim-tim por tim-tim o porquê da minha escolha.

Qual o melhor secador de cabelo? Parlux 385 PowerLight.
Minha escolha.

Esse Parlux apresenta grande potência, de até 2.150 watt para o modelo 220 V e até 2.100 para o de 110 V.

Quanto a durabilidade ou “tempo de vida”, o fabricante afirma que é longo, estimado em 2200 horas. Por isso é recomendado também para uso profissional.

Achei o produto relativamente leve, principalmente levando em consideração a potência. Tem 468 gramas, desconsiderando o peso do cabo.

Apresenta 4 temperaturas, com 2 ajustes de velocidade, o que torna o produto bem versátil.

O fio é bem comprido, tem 3 metros, o que facilita o manuseio na hora do uso.



Outros diferenciais do produto

Além dos critérios que eu mencionei acima, outros itens pesaram na minha escolha por esse Parlux.

Já vem com a tomada obedecendo o padrão brasileiro, seguindo a NBR14136 do INMETRO.

Por falar em INMETRO, o produto também foi avaliado quanto ao nível de potência sonora e recebeu classificação  intermediária, número 3, em uma escala de 1 a 5 (84 dB (A)). Faz menos barulho do que a maioria dos secadores, porque já tem um silenciador incorporado.

O modelo 385 PowerLight possui sistema de íons e cerâmica. Essa tecnologia preserva a umidade natural do cabelo, deixando-o com mais brilho, maciez e mais saudável. Ou seja, o efeito combinado da cerâmica com os íons negativos permite que o calor seja irradiado diretamente na estrutura interna dos fios, proporcionando todos os benefícios, mas sem danificar sua estrutura externa.

Vem com duas opções de bico direcionador, com comprimentos de aproximadamente de 7,5 cm e 6 cm.

Qual o melhor secador de cabelo?
Bico direcionador. Vem com dois, um de 6 e outro de 7,5 cm aproximadamente.

E, por último, segundo o fabricante, é “amigo” da camada de ozônio, já que não libera emissões prejudiciais.



Minha opinião sobre o Parlux 385 PowerLight

Muito bem, agora que já passei todas as informações técnicas do produto, vou dar a minha opinião.

Achei o produto ma-ra-vi-lho-so! Nunca tive um secador que secasse meus cabelos tão rápido! Além disso, achei que deixa o cabelo mais macio e brilhoso.

Como os bicos direcionadores são bem fechadinhos, então permitem direcionar o vento facilmente para onde eu quero. Assim, dá para secar apenas a porção de cabelo que eu separei, o que facilita na hora de fazer uma escova modelada ou secar apenas a franja, por exemplo.

Achei o produto bem mais silencioso do que os meus secadores anteriores.

Também achei muito anatômico, pois é relativamente pequeno e o fio é bem longo.

Show! Se eu soubesse teria investido no produto a mais tempo.



Desvantagens

Nem tudo são flores, claro. Esse secador não vem com difusor. Essa é sem dúvida uma grande desvantagem para quem tem os cabelos cacheados.

Outro problema é o preço. Mas encarei como investimento. Apesar de ser realmente caro, quando comparados aos outros secadores, acho que o produto se paga. Principalmente ao levar em consideração o preço de uma escova ou mesmo apenas de uma secagem na maioria dos salões por aí.



Onde comprei meu Parlux 385

Eu comprei aqui nesse link (110 v), mas tem também o 220 v nesse link aqui. Recebi na minha casa em menos de uma semana e paguei parcelado no cartão de crédito.

Veja mais posts sobre cabelos: cabelos saudáveis no inverno, shampoo antirresíduos e cronograma capilar.



4 comentários em “Qual o melhor secador de cabelo? Confira os atributos que você deve considerar”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error:
Rolar para cima