Como cuidar de suculentas (e não matá-las): 11 dicas de cuidados

Compartilhe!

Pequenas, resistentes, versáteis, fáceis de cuidar e colecionáveis! A suculenta é o tipo de planta ideal para se ter, especialmente se você não tiver um “dedo verde”. Contudo, cultivar essas plantinhas dentro de casa pode ser um pouco complicado. No entanto, com essas 11 dicas simples, aprenda como cuidar de suculenta e mantenha suas plantas vivas e bem desenvolvidas.



Como cuidar de suculenta

Como cuidar de suculenta dicas.

As suculentas ganharam esse nome porque, como os camelos, são capazes de armazenar água. Mas já que não possuem corcovas, elas guardam a água nos caules, folhas e raízes.

Por mais fofas que sejam, as suculentas nem sempre são as melhores plantas de interior. Mas, isso não significa que você não deve cultivá-las! Este post ensinará como cultivar plantinhas bonitas e saudáveis ​​​​dentro de casa.

Confira a seguir 11 dicas de como cuidar de suculenta:



1. Comece com as suculentas certas

Nem todas as suculentas são adequadas para o cultivo interno. Por isso escolha suculentas que não gostam de sol pleno. Ou seja, opte por aquelas que preferem sombra ou pouca luz. Isso fará uma grande diferença no sucesso do seu jardim interno de suculentas.

Em geral, suculentas que têm cores brilhantes (como vermelho, roxo e laranja) não se dão bem em ambientes fechados. Elas exigem um pouco de sol direto e mais luz do que geralmente está disponível em ambientes fechados.

Então, para ambientes internos escolha as que são verdes. Alguns bons exemplos incluem Haworthia fasciata (ou planta zebra), variedades de Gasteria e a Dedo-de-moça, mostradas abaixo.

Como cuidar de suculenta.
Planta zebra.
Como cuidar de suculentas.
Gasteria.
Suculentas como cuidar.
Dedo de Moça.



2. Certifique-se que sua suculenta receba luz suficiente

As suculentas adoram luz e precisam de cerca de seis horas de sol por dia, dependendo do tipo da planta. Suculentas recém-plantadas, contudo, podem queimar sob a luz direta do sol.

Então você pode precisar apresentá-las gradualmente à exposição total ao sol ou fornecer sombra com uma cortina transparente.

No entanto, dentro de casa, você deve colocar suas suculentas perto de uma janela para que recebam luz o dia todo.



3. Gire as suculentas com frequência

As suculentas adoram o sol direto, mas se a sua estiver no mesmo local, dia após dia, é provável que apenas um lado esteja recebendo luz suficiente.

Assim, sugiro girar a planta com frequência. As suculentas se inclinarão em direção ao sol, então rodar o vaso as ajudará a ficar em pé.

O fato delas se inclinarem também pode ser um sinal de que elas precisam estar em um local mais ensolarado.



4. Dê água de acordo com a estação

Assim como nós, as suculentas precisam de mais energia quando estão em período de crescimento.

Dessa forma, durante a primavera e o verão, as plantas estão prosperando e bebendo muito mais água do que quando estão descansando no outono e inverno.

Para saber quando colocar água recomendo que você teste o solo com um dedo. Se ao encostar seu dedo no substrato ele sair sujo, não é necessário molhar. Mas se o seu dedo sair limpo pegue seu regador.

Então, regue com abundância, mas espere até que a superfície do substrato esteja bem seca antes de regar de novo. Dependendo do vaso, da espécie e do clima, isso pode lavar dias ou semanas.

O excesso de água pode matar sua suculenta. Por isso é importante deixar o solo secar entre as regas. E não regue suculentas internas diariamente. Essa é a maneira mais rápida de matá-las.



5. Como cuidar de suculenta: rege o solo diretamente

Quando você regar suas suculentas, molhe o solo até que a água escorra pelos orifícios de drenagem do vaso. Se o recipiente não tiver aberturas para drenagem, contudo, use menos água.

Não use um borrifador para regar suas suculentas. A névoa pode causar raízes quebradiças e folhas mofadas.

Você também pode colocar o vaso dentro de um recipiente com água para permitir que a mesma seja absorvida pelo orifício de drenagem. Quando o topo do solo estiver úmido, retire da água.



6. Como cuidar de suculenta: mantenha-as limpas

Inevitavelmente, suas plantas de interior gradualmente acumularão poeira em sua superfície. Isso pode inibir seu crescimento.

Então, limpe as folhas suavemente com um pano úmido. Use um pincel macio para chegar a pontos de difícil acesso.

Confira também os posts:



7. Escolha um recipiente com orifício de drenagem

Suculentas não gostam de estar em solo encharcado, então a drenagem é importante para evitar a podridão das raízes.

Dessa maneira, o recipiente onde elas serão plantadas deve ter um orifício de drenagem para permitir que o excesso de água escape. Os vasos de barro ou cerâmica vitrificada são ideais para iniciantes.

Não use recipientes de vidro, pois além de não serem drenantes, também não deixam as raízes da planta respirar.

As suculentas precisam de um bom fluxo de ar para manter as raízes saudáveis ​​e, portanto, o caule e as folhas saudáveis.

8. Plante suculentas no substrato correto

As suculentas precisam de solo que drene, então o solo regular para vasos não serve. Escolha o solo para cactos ou misture terra para vasos com areia, pedrinhas ou isopor picadinho.

Quanto mais porosa a mistura de terra e areia, menos água ela mantém. Acrescentar o isopor esfarelado ao substrato serve para arejar as raízes. Essa dica substitui a perlita, um mineral que as suculentas amam, mas que é difícil de achar.

Mas se quiser usar a perlita, eu encontrei para comprar pela Internet. É só clicar aqui para comprar na Amazon.

As raízes das suculentas são muito frágeis, portanto, seja gentil ao replantar.



9. Livre-se dos insetos

Pragas não devem ser um problema para suculentas de interior, mas ocasionalmente você pode ter que lidar com insetos.

Os mosquitos são atraídos por suculentas que são plantadas em solo muito úmido e sem drenagem adequada. Para se livrar de ovos e larvas, borrife o solo com álcool isopropílico a 70%. Encontre clicando aqui nesse link.

Cochonilhas são outra praga que os proprietários de suculentas têm que lidar. Eles são carinhas brancos desagradáveis ​​que se agarram às suculentas. O excesso de água e a fertilização excessiva são as causas mais comuns para o seu aparecimento.

Suculenta com cochonilha.

Para acabar com as cochonilhas, afaste as plantas infectadas de outras suculentas e use sabão de coco para matar esses insetos por asfixia. Passe com um cotonete nas partes infestadas.

10. Fertilize suas suculentas no verão

As suculentas não precisam de muito fertilizante, mas você pode dar a elas uma alimentação leve durante a primavera e o verão.

Tenha cuidado, contudo, para não fertilizar demais, pois isso pode fazer com que sua suculenta cresça muito rapidamente e fique fraca.

Assine a Newsletter do blog e receba por e-mail todas as atualizações e ofertas exclusivas. É só preencher os campos abaixo:



11. Como cuidar de suculenta: observe suas plantinhas

Não se desespere achando que suas suculentas estão morrendo porque as folhas estão murchando. Assim como todas as plantas, eventualmente as folhas inferiores das suculentas vão murchar e morrer.

Você só deve se preocupar com folhas murchando se forem as mais novas ou altas da sua suculenta. Se forem apenas as que estão perto do fundo do caule, mais próximos do solo, então fique tranquila.

Bem, é isso por hoje. Mas qualquer dúvida é só perguntar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error:
Rolar para cima