Tipos de base.

Tipos de base para maquiagem: entenda as diferenças antes de comprar

Para uma maquiagem bem-feita, um produto não pode faltar: a base. É ela que dá o acabamento, esconde as imperfeições e deixa o rosto uniforme, aquela tela “em branco” para você aplicar as cores. E as opções de produtos oferecidos no mercado não são poucas. Existem diferentes tipos de base para todos os gostos e necessidades: líquidas, cremosas, compactas e em bastão. Para escolher a melhor para você, aprenda mais sobre cada tipo.


Tipos de base

Existem vários tipos de bases a venda, mas cada uma atende a algumas necessidades específicas. Assim, dependendo do tipo de acabamento que você está querendo, da facilidade e rapidez da aplicação, da presença ou não de manchas na pele, você pode optar por ter mais de uma na sua penteadeira.

Os principais tipos de base que você vai encontrar são:

  • líquida
  • cremosa
  • mousse
  • em pó (2 em 1)
  • stick ou bastão

Abaixo mais detalhes sobre cada uma.

Tipos de base.


Base líquida

A pele com aspecto natural, sem excessos, continua sendo o principal objetivo de uma maquiagem impecável.

Com textura mais leve, a base líquida é ideal para a maquiagem do dia a dia. Fácil de espalhar, costuma proporcionar cobertura leve ou média e disfarça, com uma camada fina, manchas e imperfeições.

Também chamada de base fluida, de tão aquosa, pode ser até aplicada com conta-gotas. Algumas de tão levinhas foram apelidadas de bases-sérum. Essa consistência é possível porque a quantidade de óleo na fórmula é menor.

Os pigmentos passam por um processo químico que permite sua estabilização em menor quantidade de óleo. Assim, consegue-se o poder de disfarce apesar da textura mais fina do produto.

Muitas contêm a mistura de água com silicone, o que deixa o produto mais aquoso e delicado.


Indicação da base líquida

A base líquida é indicada para todos os tipos de pele, mas, quem tem pele muito oleosa, precisa ficar atenta. As versões oil free e matte ficarão melhores, além de durar mais na pele, especialmente em dias quentes.

Bases líquidas que eu recomendo: Nude me Base Sérum Natura (LINK), Skin Illusion da Clarins (LINK).



Como aplicar a base líquida

Use uma esponja, um pincel ou mesmo a ponta dos dedos.

A esponja ajuda a retirar o excesso de base dos locais onde você precisa de menos cobertura, mas use-a sempre umedecida, para não absorver muito da sua base, levando ao desperdício.

O pincel, minha forma preferida de aplicação (veja post aqui), é rápido, prático e preciso. Contudo, o pincel de polimento também não é indicado para esse tipo de base porque absorve muito do produto.

Há ainda a possibilidade de aplicar com as pontas dos dedos. Eu, particularmente, não gosto, pois suja os dedos, me obrigando a parar a maquiagem para ir lavar as mãos.

Mas esse tipo de base exige que haja uma preparação da pele antes de aplicar o produto. Se a pele estiver muito seca, naturalmente irá absorver a água da base. O resultado pode ser um aspecto de pele craquelada. Por isso, antes da base é preciso limpar, tonificar e hidratar a pele.

Há bases líquidas que vêm com conta-gotas. Nesse caso, já que a textura é diferente, você precisa se acostumar a medir a dose em gotas. Pingue duas ou três no dorso da mão e espalhe no rosto com um pincel, apenas o suficiente para uniformizar a pele e obter uma certa transparência.

Se tiver manchas escuras ou alguma outra imperfeição que deseje encobrir, deposite um pouco mais do produto diretamente nesses pontos.



Base cremosa

Um pouco mais consistente do que a líquida, a base cremosa dá a sensação de ser mais espessa. É

capaz de dar mais cobertura, indo de média para alta, o que significa que pode pesar mais também, no caso de exagerar na quantidade.

Para quem é indicada a base cremosa

A base cremosa é indicada para peles normais a secas.

Quem tem pele mista ou oleosa, contudo, precisa optar pelas versões de base cremosa oil-free (ou seja, sem óleo), para que tenha maior durabilidade e não causem cravos ou espinhas.

Como aplicar a base cremosa

Faça “pingos” em pontos estratégicos, como testa, bochechas, nariz e queixo, e espalhe com um pincel de base, esponja macia ou mesmo os dedos, sempre do centro para as laterais do rosto.

Outra forma de aplicação é colocar um pouco de base no dorso da mão e com o auxílio de um pincel ir distribuindo o produto pelo rosto. Veja mais sobre as diferenças entre os pincéis de base clicando aqui.

Se desejar um acabamento bem leve, contudo, use uma esponja úmida na aplicação.

Produtos que eu indico: Teint Miracle Lancôme (LINK), Studio Fix Fluid Mac (LINK) para peles oleosas



Tipos de base: mousse

Quer um acabamento matte e aveludado? A versão em mousse costuma ter textura nem muito leve nem muito pesada, pois combina o conforto da base e a leveza do pó.

Normalmente é um produto que apresenta alta cobertura, por isso, é muito indicado para mulheres que apresentam manchas na pele, como a de melasma, por exemplo.

Indicação da base mousse

Qualquer pessoa pode usá-la, mas, caso sua pele seja oleosa, lembre-se de que é importante que o produto seja livre de óleo.

Produto que eu indico: Base Mousse Una (LINK).



Como aplicar a base mousse

A base mousse pode ser aplicada com pincel ou esponja ou mesmo com a ponta dos dedos. Espalhe bem, especialmente nas laterais do nariz e dos olhos, até ficar uniforme.



Base em pó

Se você não quer ter o trabalho de aplicar a base e depois selar a pele com pó, essa é sua base! Variando entre uma cobertura leve e média, esse tipo de produto é bastante procurado por donas de pele oleosa, que sentem necessidade de usar pó com frequência.

Sua textura mais sequinha e levemente mais grossa dá um resultado interessante à pele e é fácil de aplicar.

Se tiver a pele seca e gostar dessa versão, contudo, é recomendada a aplicação de um bom hidratante antes. Quer experimentar?

Indico essas bases em pó: Studio Fix Powder da Mac (link aqui) e a Base Compacta Shiseido (link aqui).

Como aplicar a base em pó

Durante a aplicação use a esponja ou o pincel para pó, espalhando do centro do rosto para fora. 

Algumas marcas de base em pó permitem que o produto também possa ser aplicado com a esponja úmida.



Tipos de base: stick ou bastão

E, finalmente, a base em bastão, que costuma proporcionar alta cobertura. Na pele, fica aveludada e consegue esconder as imperfeições tanto quanto um corretivo.

Assim, se precisar de mais cobertura, como abaixo dos olhos devido a olheiras, é possível dispensar o corretivo e aplicar essa base com batidinhas.

Mas não é o tipo mais simples de aplicar, já que precisa ser bem espalhada para não acumular ou manchar em algumas regiões.

Indico as seguintes bases em bastão: Velvet Matte Nars (LINK) e Studio Fix Mac (LINK).

Como aplicar a base em bastão

Você pode aplicar a base em bastão de duas maneiras:

  • Primeira, passando o bastão diretamente sobre a pele em áreas como testa, bochechas, queixo e nariz e, depois espelhando com o auxílio de um pincel ou pontas dos dedos.
  • Segunda, se quiser um acabamento mais leve, aplique o produto com a ajuda de uma esponja úmida e macia em todo o rosto.



Dicas gerais sobre a aplicação da bases

Ao aplicar qualquer tipo de base cuide para não deixar uma linha divisória, principalmente no contorno dos maxilares e perto da raiz dos cabelos.

Contudo, não esqueça também de espalhar o produto bem perto das orelhas e em torno do nariz.

Assim, comece espalhando o produto do centro do rosto para as laterais. E, usando apenas o excesso do produto que está no pincel ou esponja, desça do queixo até o pescoço, esfumando bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima