Tipos de corpos femininos: descubra o seu e como valorizá-lo

Existem diferentes tipos de corpos femininos, e cada um tem suas próprias características e proporções únicas. Não tem nada a ver com o peso, a altura ou a numeração da roupa, o que importa é o formato do corpo. Aprenda nesse post como identificar o seu e vista-se melhor, realçando seus pontos fortes.



Tipos de corpos femininos

Existem muitas formas de corpos femininos. Cada um deles é lindo à sua maneira. A forma do corpo é determinada pela estrutura óssea, genes, idade, distribuição de gordura, massa muscular e estilo de vida.

Tipos de corpos femininos.

Os 5 principais tipos de corpos femininos são:

  • Corpo ampulheta: caracterizado por ombros e quadris proporcionais, com uma cintura bem definida.
  • Corpo retangular: também apresenta quadris e ombros com medidas semelhantes, mas sem uma cintura bem definida.
  • Corpo triangular ou pera: caracterizado por quadris mais largos do que os ombros.
  • Corpo triangular invertido: tem os ombros mais largos do que os quadris.
  • Corpo oval: apresenta cintura mais larga e busto e quadris proporcionais.



Como descobrir seu tipo de corpo

Para descobrir o seu tipo de corpo, você pode utilizar duas técnicas:

  • Técnica da circunferência
  • Técnica dos bastões

Técnica da circunferência

A primeira forma para descobrir seu tipo de corpo é através das medidas das circunferências dos ombros, cintura e quadril. São essas medidas que irão determinar em qual silhueta você se encaixará.

Para medir, pegue uma fita métrica, aquela de costureira (clique aqui e veja na Amazon), passe em volta dos ombros, da cintura e do quadril e anote os valores. Veja onde medir na imagem abaixo:

Tipos de corpos femininos onde medir.



A cintura deve ser medida logo abaixo das costelas ou apenas dois dedos acima do umbigo.

Já o quadril, tenha como referência a parte mais larga e saliente. Passe a fita métrica em torno do corpo sem apertar, mas mantendo a fita horizontalmente a mais reta possível.

Depois, compare com as proporções que caracterizam cada tipo de corpo. Exemplo: se os ombros e os quadris têm mais ou menos a mesma medida, você pode ter um corpo ampulheta, retangular ou oval. O que vai diferenciar é a sua cintura.

Se a cintura for cerca de 20 cm menor do que os seus ombros ou quadril, você é ampulheta.

Mas se a circunferência da cintura for apenas um pouco menor do que a do quadril ou ombros, então você tem o corpo retangular.

Contudo, se sua cintura for mais larga que a medida dos ombros e do quadril, aí seu corpo é oval.

Porém, também pode acontecer que a circunferência dos ombros seja bem maior ou bem menor que a do quadril.

Se a medida dos ombros for maior, seu corpo é triângulo invertido. Já se a circunferência do quadril for bem maior do que a dos ombros, então você tem o corpo triangular ou em forma de pera.



Método dos bastões ou varetas

No método dos bastões, ao invés de uma fita métrica, você vai precisar de dois bastões ou duas varetas. Também podem ser dois cabos de vassoura.

Na frente do espelho, posicione as varetas sobre as articulações do ombros e procure encostar também cada vareta em um dos lados do quadril.

Se as varetas ficarem paralelas (ou seja, se não abrirem nem em cima nem embaixo), e sua cintura for bem marcada, então seu corpo é ampulheta.

Tipos de corpos femininos.
Corpo ampulheta.

Já se as varetas ficarem paralelas, mas a cintura for pouco perceptível, seu corpo é retangular.

Corpo retangular.

Caso as varetas abram na parte de baixo, seu corpo é triangular.

Corpo triangular.

Mas, se ao contrário, as varetas ficarem mais abertas na altura dos ombros, então, seu corpo tem a forma de um triângulo invertido.

Tipos de corpo feminino.
Corpo triângulo invertido (ombros mais largos que o quadril).

Quando você não consegue tocar com as varetas os ombros e o quadril ao mesmo tempo, seu corpo é o oval. Ou seja, o volume do abdome é maior do que o dos ombros e do quadril.

Agora, sabendo o seu tipo de corpo, confira a seguir quais peças e combinações podem valorizar a sua silhueta.



Tipos de corpos femininos: ampulheta

Nesse tipo de corpo os quadris e ombros têm as medidas iguais ou bem parecidas, ao mesmo tempo em que a cintura é marcada. Ou seja, a medida da cintura é pelo menos 20 cm menor do que a dos ombros ou do quadril.

Esse é o tipo de corpo feminino naturalmente mais equilibrado ou proporcional, quando falamos em distribuição da massa corporal. É, portanto, a referência de harmonia e equilíbrio dentro de uma silhueta.

Mas se você não tem esse tipo de corpo, não se desespere. Pois através de modelagens, cores e estampas é possível recriar a aparência do corpo ampulheta nos outros 4 tipos de corpos.

Outra coisa importante a dizer é que o tipo de corpo nada tem a ver com a altura ou peso corporal, mas sim com a proporção entre ombros, cintura e quadril.

Quer ver na prática como é esse tipo de corpo? Observe as imagens abaixo das celebridades Juliana Paes, Ellen Rocche e Petra Gil. Elas têm o corpo com as medidas de ombro e quadril bem proporcionais, e com a cintura bem definida.

Tipos de corpos femininos ampulheta.

Confira post para aprender dicas de moda com a Juliana Paes clicando aqui.



Como vestir o corpo ampulheta

Vestir um corpo ampulheta é fácil. O importante é usar modelagens, peças e combinações que não alterem a proporção natural.

Quem tem corpo ampulheta deve investir em:

  • Vestido tubinho e bodycon
  • Vestido soltinho, mas sempre com marcação da cintura
  • Vestido transpassado ou envelope
  • Body
  • Blusa justa ou com pouco volume
  • Calça skinny com cintura alta
  • Saia lápis com cós alto
  • Macacão
  • Top cropped
  • Terceira peça mais curta (na altura do cós)
  • Cinto

Uma dica muito importante é usar a peça superior, de preferência, por dentro da peça inferior (ex.: blusa por dentro da saia) para, assim, evidenciar a cintura.

Evite:

  • Peças com cintura baixa
  • Roupas com modelagens muito amplas, que não deixam perceber que a cintura é fina.



Tipos de corpos femininos: corpo retângulo

O corpo retangular é aquele que apresenta quadris e ombros com medidas semelhantes, mas sem uma cintura bem definida. A Gisele Bündchen e a Giovanna Ewbank são exemplos de celebridades que possuem esse tipo de corpo.

Mulheres com corpo retangular devem valorizar a região da cintura, para criar a impressão de que ela é mais fina.

Para isso, aposte em looks que chamem atenção para essa parte, como as peças acinturadas. Ou busque marcar a cintura com um cinto, por exemplo.

Outra dica é vestir alguma peça que dê mais volume para as pernas, como saias, vestidos ou shorts com modelagem godê, evasê ou plissada, pois assim, estará criando uma impressão visual de que a cintura é mais fina.



Quem tem corpo retangular deve usar e abusar de:

  • Blusa peplum
  • Saia/vestido rodado
  • Saia/ vestido/ short evasê
  • Saia com cós de cor contrastante do restante da peça
  • Calça flare de cintura bem alta
  • Calça wide leg/pantalona/ clochard
  • Calça de cintura alta com faixa ou cinto
  • Vestido trapézio
  • Vestido transpassado ou envelope
  • Marcar a cintura com um cinto

Evite:

  • Gola alta
  • Peças com corte reto
  • Ou peças muito justas.



Corpo triângulo ou pera

Nesse tipo de corpo, o maior peso visual está no quadril e coxas, os ombros são estreitos e a cintura é fina. O bumbum também pode ser mais avantajado. É bem comum entre as brasileiras.

A chave para vestir um corpo pera é harmonizar a silhueta. Para isso é necessário disfarçar o quadril e chamar atenção para os ombros, ou para a parte superior do corpo. Assim, as proporções do corpo ficarão balanceadas.

Exemplos de mulheres que têm o corpo no formato pera são a Paolla Oliveira (clique e veja post), a Beyonce e a blogueira plus size Ju Romano.



Quem tem corpo formato pera deve investir em:

  • Decote ombro a ombro
  • Peças com ombreiras e outros detalhes na parte superior do corpo
  • Cores claras e estampas na parte superior do corpo
  • Blusas com listras horizontais
  • Blusas com babados ou mangas bufantes
  • Blazers longos, pois disfarçam o volume do quadril
  • Coletes e sobreposições
  • Dê preferência a saias com tecidos fluídos e com bom caimento para não armar. A modelagem em “A” ou evasê é a mais adequada.
  • Calça flare
  • Calça com corte reto
  • Calças, bermudas ou saias de cores mais escuras do que as blusas – não justas demais e nem afunilando muito na perna
  • Vestido envelope ou transpassado
  • Brincos e colares que chamem atenção
  • Na parte de baixo é muito importante usar a sua numeração correta. Isso porque tudo o que é grande demais ou justo demais acaba aumentando a área.

Evite:

  • Blusas que terminem sobre o o meio do quadril
  • Decote frente única
  • Saias rodadas com tecidos muito armados
  • Saia lápis, já que marca muito as curvas
  • Calças, bermudas ou saias com cintura baixa
  • Peças com muito volume ou pregas no quadril
  • Saias com pregas em tecidos volumosos
  • Cores claras e estampas grandes na parte de baixo do corpo.



Triângulo invertido

Mulheres com corpo no formato de triângulo invertido possuem ombros e costas com medidas maiores do que o quadril.

Celebridades que apresentam esse formato de corpo: Priscila Fantin, Grazi Massafera e Fernanda Lima.

Se você tem esse corpo, busque o equilíbrio usando peças mais largas nas pernas e no quadril.  Mas evite peças com muitos babados ou tecido sobrando na parte superior do corpo, pois vão aumentar mais a sensação de volume dos ombros e dos braços.



Quem tem corpo triângulo invertido deve apostar em:

  • Calças com volume, como wide leg, flare, cargo e pantalonas com tecidos encorpados
  • Saias rodadas e amplas
  • Vestido trapézio
  • Vestido envelope ou transpassado
  • Usar cores claras na parte de baixo do corpo

Evite:

Corpo triângulo invertido o que evitar.
Evite modelagens que chamam atenção para os ombros.
  • Detalhes que atraiam a atenção para os ombros
  • Colarinhos fechados e estampas grandes na parte de cima
  • Manga bufante
  • Decote quadrado
  • Saia lápis
  • Calça muito justa
  • Brincos muito grandes
  • Colar curto.



Tipos de corpos femininos: oval

No corpo oval, a cintura é mais larga que os quadris e ombros. Assim, mulheres com esse tipo de corpo devem procurar criar “uma cintura” mais fina através dos truques de styling.

Para isso, procure marcar o corpo uns 2 cm acima da linha da cintura, para evidenciar assim a parte mais fina do seu tronco.

A Fabiana Karla é uma celebridade que possui esse formato de corpo.

Tipos de corpos feminino oval o que vestir.

Assine a Newsletter do blog e receba por e-mail todas as atualizações e ofertas exclusivas. É só preencher os campos abaixo:



Quem tem corpo oval deve abusar de:

  • Decotes em U ou V pois alongam e valorizam o colo
  • Use saias e calcas retas
  • Peças que marquem a cintura na parte mais fina do tronco
  • Modelagens evasê de saias e vestidos para dar a impressão de mais cintura
  • Terceira peça aberta criando uma linha vertical na frente do corpo
  • Look monocromático
  • Listras verticais
  • Vestido envelope
  • De brincos, colares e tiaras, para manter o foco em seus ombros e rosto

Se você tem corpo oval evite:

  • Blusas ou vestidos com listras horizontais
  • Peças com decote império (logo abaixo do busto) – pois pode parecer que você está grávida
  • Roupas muito justas
  • Tecidos volumosos ou com estampas grandes
  • Calças com barras afuniladas
  • Modelagens retas e amplas demais
  • Vestido tubinho
  • Gargantilhas muito justas no pescoço
  • Peças de cintura baixa.



Veja também os posts clicando nos links abaixo:

É importante lembrar que cada corpo é único e bonito à sua maneira. O objetivo não é necessariamente te prender a essas dicas, mas sim ajudar você a encontrar a sua melhor versão.

Mas vale lembrar que o importante é sentir-se confortável e confiante com as roupas que você escolhe para vestir, independente do seu tipo de corpo. Cada um é livre para escolher as peças que quiser.

Já segue o Almanaque da Mulher no Instagram? É @almanaquedamulher. Te espero também por lá!

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: