fbpx

Depois de 35 anos pintando as unhas, alergia a esmaltes! E agora?

Tudo começou com uma coceira na pálpebra do olho direito que não passava. Depois, também surgiram umas bolhinhas e a pele começou a descascar. A princípio achei que estava com alergia ao remédio que, as vezes, preciso tomar para dormir. Li a bula e lá estava escrito que poderia dar reação alérgica com sintomatologia nos olhos. Parei de tomar o remédio, mas o problema continuou. Depois pensei que fosse alergia a algum sabonete, sombra ou creme. Parei de usar tudo, mas os sintomas continuaram. Por fim, pesquisando na internet, me deparei com um post em que dizia que a alergia a esmaltes de unhas, muito frequentemente, dá sinal nos olhos e não apenas nas mãos, onde seria óbvio! Revolvi tirar o esmalte das unhas e fiquei uma semana sem pintar. A coceira parou e a pele começou a desinchar! Era isso, e agora? Há anos faço minhas unhas semanalmente e amo! Será que nunca mais vou poder pintar as unhas?

Alergia é assim mesmo

Alergia a medicamentos, a alimentos, a cosméticos, não importa, a partir do primeiro contato com qualquer substância, você pode desenvolver os sintomas.

Pinto minhas unhas desde os 11 ou 12 anos, estou com 46 (não espalha…rs), e nunca tinha tido qualquer problema. Tenho alergia respiratória a poeira, a mofo e a tempo seco, mas de pele não.

Tem gente que passa a vida sem nenhuma ocorrência alérgica, mas isso é cada vez mais raro. É fato que as alergias estão cada vez mais comuns, pois estamos cada vez mais expostos a substâncias potencialmente alergênicas. Então, é recomendável procurar usar produtos que tenham sido desenvolvidos visando minimizar os riscos de causar sensibildades e reações alérgicas.

Pesquisando descobri que os esmaltes são um dos cosméticos que mais causam alergias nas pessoas. Além disso, muitos possuem fórmulas que podem ser bastante agressivas ao nosso meio ambiente.

Os sintomas mais comuns de alergia a esmaltes, que causa uma dermatite de contato são:

  • Coceira, descamação e inchaço das pálpebras
  • Placas vermelhas na pele
  • Inchaço no rosto
  • Formação de bolhas
  • Coceira e dor na pele dos dedos, olhos, face ou pescoço
  • Unhas fracas e que descamam
  • Em casos graves pode dar falta de ar

Os sintomas podem se manifestar qualquer parte do corpo onde encostamos as unhas esmaltadas.

Alergia a esmaltes
Sintomas mais comuns de alergia a esmaltes.

Luz no fim do túnel: linha de esmaltes hipoalergênicos

A sorte é que algumas marcas produzem esmaltes que podem ser usados por pessoas alérgicas como eu. A Natura acabou de lançar a sua linha. Por ter comprovadamente baixíssimo risco de causar alergia, já que 100% dos testes concluíram nenhuma reação alérgica, o Natura Una Esmalte para Unhas é classificado como hipoalergênico. Isso significa que os produtos foram desenvolvidos pensando em minimizar qualquer efeito adverso em quem o usa.

Na verdade os esmaltes da Natura são 9 free, ou seja, 9 ingredientes foram deixados de fora da fórmula, por conterem grande potencial tóxico ou sensibilizante. São eles:

  1. Formaldeído: desde 2013 a Natura retirou essa substância de todos os produtos e matérias-primas, pois possui potencial de causar alergia.
  2. Tolueno: possui potencial tóxico à saúde humana e ambiental.
  3. Dibutilftalato ou DBP: o uso de ftalatos foi banido da Natura em 2010, devido aos alertas de que essa substância está envolvida em alterações hormonais e demais danos à saúde humana e ambiental.
  4. Resina de formaldeído: tem potencial de causar alergia.
  5. Cânfora: outra substância com potencial de causar alergia.
  6. Parabenos: não são adicionamos aos produtos da Natura desde 2011. Ainda que não haja consenso científico, os parabenos passaram a receber atenção por suspeita de possíveis atividades nocivas à saúde.
  7. Fosfato de Trifenilo (TPHP): substância com potencial de causar alterações hormonais.
  8. Tosilamida de etilo: ingrediente formado a partir do tolueno, que possui potencial tóxico.
  9. Xileno: ingrediente com potencial de causar alergia.

Isso significa que a linha de esmaltes foi desenvolvida pensando em minimizar qualquer efeito adverso em quem a usa. Mas, apesar de não conterem nenhum desses ingredientes, os esmaltes da Natura apresentam alta cobertura, máximo brilho, secagem rápida e cores lindas! Dá só uma olhada abaixo:

Alergia a esmaltes: produtos hipoalergênicos e veganos.

Alergia a esmaltes: produtos hipoalergênicos
Compre aqui!

Ah, e os esmaltes são também veganos!

No mercado existem produtos que são 7 free, mas nenhum é 9 free como os esmaltes da Natura. Já estão disponíveis no site da marca no espaço do Almanaque da Mulher, clique aqui e saiba mais!

O que fazer em caso de suspeita de alergia a esmaltes

Bem, primeiro, logicamente, é retirar o esmalte das unhas e lavar bem as mãos. Eu, por garantia, troquei também minha roupa de cama e toalhas, pois poderiam ter ficado com vestígios das substâncias causadoras da alergia.

Se os sintomas não aparem recomendo que você procure um médico o mais rápido possível. A alergia pode evoluir e se tornar mais sistêmica e grave. Na consulta com um alergista serão feitos alguns testes para comprovar a existência da alergia. Pode ser necessário que você seja medicada com um antialérgico.

Depois que os sintomas tiverem sumido completamente, caso deseje voltar a pintar suas unhas, use sempre esmaltes hipoalergênicos. Alergia não tem cura, apenas controle.

Siga o Almanaque da Mulher no Instagram e no Facebook!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *