Esmalte da semana: Rebu da Risqué

Compartilhe!

Minha escolha para minha unha semana foi muito influenciada pela saudade. Usei o esmalte Rebu da Risque, o primeiro que eu decorei o nome. Foi lançado em 1974, para marcar o sucesso da trama “O Rebu”, exibida pela Rede Globo e refilmada mais recentemente.

Como era um esmalte ‘vermelho sangue’, não era liberado para crianças, pelo menos na minha família. Mas eu sempre via minha tia pintar as unhas com ele e achava a cor linda! Queria muito crescer logo para poder pintar as minhas unhas com aquela cor de mulher.



Minha tia usava o Rebu sozinho ou misturado com outros esmaltes para mudar um pouco a cor, pois não existia a grande variedade de esmaltes que temos hoje. Eu me lembro de sempre perguntar qual a cor do esmalte que ela estava usando. Mas esse foi o único nome que ficou na minha memória, talvez pelo fato de ser proibido! kkkkk

Então, sempre que vejo o esmalte Rebu lembro da minha tia. E como eu moro em Santana de Parnaíba (SP) e ela no Rio. Pintar as unhas com ele é uma forma de matar um pouco a saudade dela.

Mas essa história de fazer misturinhas com o Rebu continua firme e forte. Aqui nesse post eu vou te dar 3 opções. Daí depois é só ir misturando com os esmaltes que você já tem para criar cores exclusivas. Confira tudo a seguir.



Esmalte Rebu da Risque

Abaixo confira o resultado da aplicação do Rebu sozinho nas unhas. A Ana, minha manicure, passou 3 camadas e mesmo assim, ainda ficou meio transparente. Por isso vale misturá-lo com um esmalte mais cremoso para servir de base. Depois, ela ainda aplicou uma camada de extra brilho. Tenho usado esse aqui (link) e amo. Ajuda a secar rápido e ainda aumentar a durabilidade do esmalte nas unhas.

Esmalte Rebu da Risque.
Rebu da Risqué (LINK).

Mas o que mais me encanta no rebu, além da linda cor icônica, é o brilho vitrificado que ele deixa nas unhas. Acredito que essa combinação seja a responsável pelo sucesso desse esmalte. Outra vantagem é a possibilidade de fazer misturas com outras cores.


Misturinhas com o Rebu

Como já mencionei, não é de hoje que se faz misturinhas do Rebu com outros esmaltes. Ele é perfeito para isso, pois é bem fininho e transparente. Quando for fazer essas misturas, contudo, sempre aplique o esmalte cremoso por baixo como base, e por cima, uma a duas camadas de Rebu. Então, confira abaixo algumas ideias.

1. Rebu com Dara também da Risqué

A mistura do Rebu (tem aqui) com o Dara fica super brilhosa em tom de vinho, mas puxado para o marrom. Um luxo!



2. Rebu com o As Mil Purpurinas também da Risqué

O efeito fica maravilhoso, de glitter aprisionado, ou seja, não tão aparente. Parece que as partículas de brilho estão recobertas por uma camada de vidro. Incrível! Encontrei o esmalte As Mil Purpurinas aqui nesse link.

3. Rebu com Nasci Prateada pra Lua

A base prateada faz com que a cor fique mais clara, mas metálica. Se não encontrar o Nasci Prateada pra Lua, pode usar qualquer esmalte cremoso prateado.

E aí gostou? Você também tem alguma memória afetiva com esmaltes? Compartilhe sua história nos comentários!

Veja também outros posts com esmaltes da Risqué aqui.



Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error:
Rolar para cima